SEXO RELACIONAMENTO 22 de fevereiro de 2017

Dia das leitoras – Caçando um P.A.

girl-looking-at-the-guns-wallpaper-1

(antes do post, preciso fazer uma breve introdução)

Dia desses fui almoçar com a minha namorada e uma ex-cliente que também está morando aqui em Barcelona.

Ela é uma colombiana gente boa, mas depois de um casamento de 5 anos, separou-se e agora está na pior. Obviamente a maior parte do tempo ela falou do cara e um pouco sobre a versão antiga do Manual (ela era leitora). Em determinado momento ficou apenas as duas fazendo comentários, tal qual o Casagrande e Arnaldo analisando o desempenho do Neymar em campo. A diferença é que eu estava do lado delas com cara de bolinho ouvindo análises .

Um ponto que me chamou a atenção foi o comentário que agora estou “politicamente correto”, sem a acidez de antes.

Tem duas coisas ai.

Primeiro, certo cansaço da repetição. Recebo centenas de histórias com o mesmo script: “saímos, curti, ele sumiu. E agora?” Tendo a não responder ou escrever sobre esse tipo de assunto, cansei de bater no cachorro bobo.

Segundo, e mais importante, estou mais velho e maduro. Até os 20 e tantos anos vemos a vida meio preto e branco, se não é bom, é ruim; se ele não quer namorar, é cafa; se ela sai com vários, é piriguete, e por ai vai.

Só que chega um ponto na vida que você percebe que há o preto carvão, o azulado, o branco creme, branco gelo, etc. Para uma situação ou pessoa, há várias explicações ou definições que isoladas são limitantes. O problema é que não dá para fazer uma análise completa apenas em algumas linhas e ai a coisa fica meio relativizada e então caio no “politicamente correto”.

Posto isso, hoje publico uma história um pouco diferente das que eu já recebi. (E dane-se se estou politicamente correto) =)

“Cafa estou desesperada, tenho 34 anos e namoro a dez anos um cara de 40. E ele está há 3 meses viajando, cuidando da saúde e eu fiquei na cidade cuidando dos negócios (somos sócios). Ele só volta talvez em um mês. E eu já estou subindo pelas paredes.

Cafa > Olha, entendo que é difícil ficar sem sexo por um tempo, mas o que são 3 meses na nossa vida? Nada. Se você ainda dissesse que ele não sabe quando volta, ok, mas porra o cara ta mês que vem ai. Vejo isso como uma desculpa para um problema maior na relação com o seu namorado. Já retomo isso.

Me tocar não rola mais.

Cafa > Não se toca, né? :´D

Eu preciso de um P.A e estou de olho em um cara que é concorrente nosso q é casado.

Cafa > Cara, jogo dos três erros aqui, você casada, ele casado e concorrente do negócio de vocês. Isso só tende a dar merda.

O cara não é bonito é mais velho e nos dá dicas sobre negócios, ele sabe da situação do meu boy e é o único homem q tenho contato sem ser meus funcionários, pois somos novos na cidade

Cafa > Você não explicou direito sobre o negócio, mas não me parece muito lógico/coerente um concorrente dar dicas para o adversário. Ou o cara é tonto, ou tem boi na linha.

Porque eu estou de olho nele ?

Por ser mais velho, casado eu acredito que ele seja discreto e tope ser meu P.A porque eu só quero sexo.

Cafa > Não caia nessa. Homem fofoca para seus melhores amigos o que rola na sua vida extraconjugal. Ai talvez o melhor amigo dele seja melhor amigo de outro cara que por sua vez é melhor amigo de outro, cai num exponencial e a chance de, em uma cidade pequena, cair na boca do povo é grande.

Eu poderia escolher qualquer outro da cidade, mas sou bonita e bem sucedida e tenho medo de ficarem no meu pé ou me difamarem. Sem contar que tenho preferência por homem mais velhos. Ele tem 48.

A questão é : devo ou não ser direta dizer que estou subindo pelas paredes e que preciso de um P.A será que ele vai dizer que sim ou vai correr ?! tenho medo de assustar ele e pior ele comentar isso com outros

Cafa > Acho que seria uma atitude bastante ridícula e arriscada. Você em nenhum momento considera como está a relação do cara com a mulher dele. E sim, ele pode negar e comentar em uma mesa de bar sobre o seu desespero (ainda mais considerando que são “concorrentes”).

Diga o que devo fazer ? Ser direta ou tento seduzi-lo ?

Ele é paquerador mas sempre foi muito respeitoso.

E na verdade Não quero seduzir ninguém porque eu não quero um amante, quero alguém para um sexo seguro e sem compromisso.

Cafa > ~tentar seduzi-lo~…Você está bem fora do mercado, né?

Primeiro vou responder sua dúvida de forma objetiva e fria.

Sua cidade é o pior lugar para trair seu marido. A chance de alguém descobrir é gigante, além disso não estou seguro que a relação que possui com o possível amante seja apenas de uma foda e nada mais. Se o cara te dá uma surra de pica, tenho certeza que surgiria uma relação extra-conjugal ai.

Se você não consegue segurar o fogo na periquita e apenas quer dar umazinha, pegue um fim de semana e hospede-se na maior cidade da sua região. Dias antes, baixe o Tinder, compre o plano pago, coloque fotos sem expor muito o rosto, configure a localização para buscar homem na cidade que ficará e comece a caçar. Chegando lá, marque de ir a um restaurante ou bar mais intimista com o selecionado. Não é um louco? Leve-o pra sua toca e acasale. Como você é bem sucedida e bonita, dinheiro para ir pra lá, ficar em um hotel e arrumar um cara não será problema.

Resolvido?  Na minha opinião, 1% do problema.

Seu namorado está mal de saúde e ao invés de pensar em visita-lo rapidamente para resolver o seu problema (e dar um apoio pra ele), pensa numa satisfação sexual momentânea. Em nenhum momento você fala que o ama ou alguma palavra de carinho. O texto resume-se a sexo, traição e poder.

Para chegar a esse ponto, a relação foi pro saco. Talvez você apenas a mantenha por causa dos negócios em conjunto. Então, ao invés de simplesmente sacanear o cara por ai, seria melhor segurar o tchan até ele voltar, conversar numa boa e dar um tempo nessa relação. Você mantem os negócios, não fica falada e pode transar por ai com mais tranquilidade.

_______________________________________________________________

Quer mandar a sua história para que eu (talvez) comente e publique? É só enviar para cafa@manualdocafajeste.com; Caso queira manter o sigilo e ter certeza que sua história será comentada contrate o Cafa Responde (máx de 2 páginas / arial 12). :)

  • Gabriela P

    História sinistra! Rs

    • Claudia Lago

      Já vi piores por aqui 😀 Mas também achei :)

  • Sagitariana

    Cafa,
    Não posso deixar de comentar, adoro suas expressões (chutar cachorro morto, ahahaha).
    Sobre a leitora, fazer essas coisas é errado. Falta empatia a ela, lamento por essas coisas.
    Espero que depois do seu conselho de apoiar o marido, ela acorde pra realidade.
    P.S Venho aqui pra ler os comentários também, além de sua fã, sou fã de muitas leitoras/comentaristas.

  • Indiara Furtado

    História bem mal contada… não entendi quase nada!! Difícil aconselhar!

  • SemMimi

    Obrigada pelos conselhos
    Vc esta certo nosso relacionamento de 10 anos esta no brejo a algum tempo e a doença dele nos mostrou isso.
    Ele viajou a 3meses + já estavamos sem ter relaçoes a uns 2 meses antes e a situação piorou, ele vai continuar internado sem previsão de alta, visito ele toda semana passo 2dias com ele no hospital pois não posso me ausentar + q isso.
    Uma rapidinha com ele não é possível a condição dele é grave 😔
    O coroa se separou e achei melhor não “chegar” nele… Então deixei pra lá.
    Conclusao continuo na seca…
    Vou seguir seu conselho pois não sou de ferro.
    Tenho certeza q ele no meu lugar já tinha procurado a “Casa das Primas” e se aliviado.
    Me deseje sorte 😂

    • Tai

      “Tenho certeza q ele no meu lugar já tinha procurado a “Casa das Primas” e se aliviado.”
      Com você doente no hospital? Se você realmente acha do fundo do seu coração que ele seria capaz de fazer isso com você, então o melhor é separar mesmo. Agora se isso é uma desculpa que você gosta de usar pra você mesma pra justificar sua vontades, é óbvio que você não ama este homem, e nesse caso é melhor você terminar também. Não é justo ele ter do lado dele alguém que não o ama, ele merece poder conhecer alguém melhor e você também. Só tente se colocar no lugar dos outros de vez em quando, caso o contrário ninguém nunca fará isso por você nunca.

      • Sagitariana

        Perfeito, Tai.
        Sintetizou o que penso em poucas palavras. Eu estou assustada com a humanidade, a cada dia que passa quando eu me espanto com os absurdos desse mundo e as pessoas consideram normal, acredito que o problema está nelas também.

    • Di

      Pior é que a questão nunca foi trair ou não trair, mas sim a melhor forma de se insinuar pro tio. A traição ja era algo decidido. Agora que diz que ele se separou, vc resolveu deixar quieto. Hã? Vc tá toda errada mulher. Sinto mto por vc e por seu par por viverem nesse relacionamento mais que falido que possivelmente se mantém por intere$$es. E muito mais por ele que enquanto convalesce em uma cama de hospital, vc com seu mau caratismo planeja enganá-lo por falta de domínio próprio.

  • Claudia Lago

    Se o ser humano fosse mais prático, tudo seria tão mais simples… Quem quer só sexo, sendo comprometida, nuca escolheria alguém do seu círculo de amizade. Ela sentiu atração pelo tiozinho e estava querendo “justificar” sua intenção com ele. Sendo que ela estava há dois meses sem sexo (estando com o namorado ao lado), e agora que ele está longe, está subindo pelas paredes.
    Na boa, vamos ser práticos, realistas e racionais, meu povo! O relacionamento não está legal, termina. Simples assim…. E vai tentar ser feliz com outra pessoa. A vida é muito curta para ser desperdiçada e ficar perdendo tempo. Será o medo de ficar sozinha? Ah.. como é bom…..

  • ex-cafa

    Boa tarde cafa… acompanhei por mto tempo o antigo manual e tenho de lhe confessar que adorava! Ria muito com suas historias e me identificava com as aventuras (devemos ter a mesma idade e eu estava curtindo/descobrindo a vida (e o sexo) assim como vc… inclusive quase lhe mandei textos quando decidiu colocar outras pessoas para publicar em seu blog hahaha). De qualquer forma, o tempo passa, vc deixou o blog, e meu tempo de curtir/descobrir foi substituido por um relacionamento serio e agora um casamento. Recentemente descobri que vc voltou a escrever e decidi dar aquela conferida; num primeiro momento saudosista, achei que ia ler de novo aquelas historias já famosas, e iria ficar rindo sozinho e lembrando das minhas. Mas ao chegar aqui e ler seus post fui surpreendido positivamente. NÓS amadurecemos, e isso é otimo! Continue escrevendo pois vc tem um dom, continue sendo politicamente correto, e principalmente continue sem se importar com o que os outros acham de vc!!! Grande abraço de um ex-cafa

    • http://www.manualdocafajeste.com cafa

      Confesso que fiquei um pouco emocionado com esse comentário…hehe. Foi uma época boa. Obrigado por voltar aqui e comentar :)

  • Flora

    Essa pelo visto vai soltar fogos quando o marido bater as botas. E assim caminha a humanidade [2]…

  • Jamaica

    Bah, que história mais sem pé nem cabeça. Muitas vezes justificamos o que queremos fazer com vacilos do outro ou com fase sem sexo, mas a bem da verdade, a traição vem de nós mesmos. Às vezes o outro tem os motivos dele, está precisando de um tempo ou de resolver outras coisas e nosso egoísmo é maior que isso e nos impede de sermos o que todo casal deveria ser: companheiro.

  • Bem vindo de volta! Amadurecer é bom pra caramba. Acompanhava muito o antigo Manual, estava procurando e achei. Essa sua “nova versão” está melhor ainda, parabéns parece que te conheço a bastante tempo.

    • http://www.manualdocafajeste.com cafa

      :)

  • Camila Joviano

    Cafa do céu… Eu acabei de ler as postagens do novo blog e confesso que a cada postagem um turbilhão de emoções me acometeu. Eu me vi uns 8 anos sentada insegura na frente do computador, aprendendo sobre tantas coisas. O intuito era entender como o “mundo masculino” funcionava, só que essa busca se mostrou uma ferramenta de autoconhecimento. Eu fiquei tão feliz em ler suas linhas, ver o quanto você amadureceu e perceber que eu amadureci também! A vida levou algumas pessoas, riu de alguns planos nossos, trouxe algumas delícias e o mais importante: A gente continuou tomando as decisões, segurando bem forte no leme e seguindo sempre adiante.

    Às vezes em momentos cruciais no relacionamento eu me perguntava: Se eu contasse pro Cafa essa minha história, qual tipo de ironia/sarcasmo/metáfora ele usaria pra me fazer ver que eu tô sendo imatura/egoísta /babaca? Dai respirava fundo, pensava melhor e tomava a melhor decisão pra aquele caso. Sempre tomando as rédeas, sempre fugindo do papel cômodo de vítima.

    Obrigada por estar de volta. Eu vou sempre estar por aqui pra continuar aprendendo, pra continuar rindo, pra continuar me encantando! ❤

    • http://www.manualdocafajeste.com cafa

      Obrigado pelo carinho, Camila! :)

  • Elaine

    Totalmente certo cafa. É isso aí. Com a idade não levamos tudo a ferro e fogo. Eu te falei isso. Ficamos no meio e não nos extremos.
    Parabéns! Você é ácido quando precisa como foi nas tuas dicas e tranquilo quando não há nada a dizer. E você nunca jamais será politicamente correto. Você é autêntico e isso é um diamante hoje em dia.